Notícia

Afastado do cargo, Dinaldinho não renuncia e anuncia filiação ao MDB para disputar reeleição

Data de publicação: 01/04/2020

 

O prefeito afastado de Patos, Dinaldinho Wanderley (PSDB), frustrou quem apostava na renúncia dele do cargo. Em live nas redes sociais, ele se disse surpreso com a repercussão da postagem na qual comunicava para esta quarta um pronunciamento para anunciar uma decisão sobre seu futuro. Enquanto todos esperavam uma posição sobre uma possível renúncia, o tucano disse que, na verdade, a decisão tomada por ele foi que mudará de partido. O destino será o MDB, atendendo a convite feito pelo senador José Maranhão.

O tucano está afastado do cargo desde 2018, quando se tornou alvo das investigações da Operação Cidade Luz. A acusação foi de desvio de recursos públicos em contratos destinados ao setor de eletrificação do município. Com o afastamento, ele foi sucedido pelo vice, Bonifácio Rocha (Cidadania), que também renunciou em seguida. Assumiram a prefeitura, em sequência, o então presidente da Câmara, Sales Júnior, que também renunciou, e o atual, Ivanes Lacerda (MDB).

Dinaldinho disse ter tirado da vida dele toda a mágoa pelo que aconteceu e disse não ter guardado nenhum rancor. Alegou que terá um grande desafio pela frente, que será organizar o MDB para a disputa das eleições deste ano. Como não tem condenação em segunda instância, até agora, o gestor poderá disputar a reeleição. Se decidir neste sentido, fará com o inusitado status de afastado por decisão judicial.

Atualmente, Dinaldinho tem se dedicado ao ofício de médico. O MDB, historicamente, era um partido comandando pelos principais adversários do atual prefeito na cidade.

 

 

 

Jornal da Paraíba





Comentários Realizados
  • Essa matéria ainda não tem comentários realizados e você pode ser o primeiro a comentar.
Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail é de preenchimento obrigatório, mas não se preocupe que não publicaremos. Seu comentário será moderado pelo administrador do site e só será divulgado após isso.*

FILIE-SE
EDITAL
Acompanhe o MDB Nacional